filezilla

Perdendo as quebras de linha ao transferir arquivos com o Filezilla: a solução encontrada

Há algum tempo eu estava enfrentando problemas ao transferir arquivos da minha maquina para o servidor utilizando o FileZilla. Porém com o SmartFTP a transferência era normal.

O cenário

Minha máquina usa o Windows como sistema operacional. Os servidores para os quais estava transferindo os arquivos que apresentaram os problemas eram Linux. Como IDE uso o Eclipse com o plugin PDT.

O problema

Ao subir arquivos para o servidor as quebras de linha eram removidas.

Ao baixar um arquivo que já estava no servidor e havia sido enviado com o SmartFTP, quebras de linha eram adicionadas.

Além disso, o problema ocorria ao enviar um arquivo salvo no Eclipse ou no notepad++, mas não quando salvo no Dreamweaver.

A solução

Como sabemos, as quebras de linha são diferentes entre estes dois SOs. Então algum destes softwares estava fazendo confusão pelo caminho. A solução que encontrei foi alterar o tipo de transferência de ACSII para binário, contrariando muito do que vi nas minhas pesquisas pela internet.

Para alterar o modo de transferência siga os seguintes passos:

    • Vá ao menu editar > Configurações;
    • Na janela que surgir, selecione Tipos de arquivo dentro do grupo Transferências;
    • Em tipo de transferência padrão, selecione Binário;
    • Clique em Ok para salvar a nova configuração.

 

gears-750x500

Resolvendo problemas com caracteres acentuados

Neste artigo tratar de algo bem simples, mas que pode se tornar uma grande dor de cabeça: os caracteres acentuados. Sei que você pode encontrar dezenas de páginas sobre isto na internet, mas a ideia é tentar reunir tudo que já vi em um só lugar.

Decidir qual codificação utilizar

Muita gente usa a ISO-8859-1 (informalmente, Latin 1). Ela é a codificação com caracteres do alfabeto latino. Entretanto eu recomendo o uso da UTF-8 (8-bit Unicode Transformation Format), pois é a codificação utilizada nas chamadas AJAX. Se você não utiliza requisições AJAX no seu projeto tudo bem, mas se utiliza vai ter problemas com a codificação da resposta recebida pela aplicação em ISO-8859-1. Então é melhor fazer tudo em UTF-8 logo.

Codificação do arquivo

A maioria dos editores modernos tem uma opção para você selecionar em qual codificação salvar o arquivo. Já tive problemas com conexão com banco de dados porque a codificação do arquivo estava errada e corrompia os dados.

Codificação da saída HTML

Aqui você vai indicar ao navegador do cliente qual codificação está utilizando através das meta tags.

Codificação do banco de dados

Ao criar o seu banco e as suas tabelas, selecione a mesma codificação dos arquivos e do HTML do seu projeto. No nosso exemplo vamos utilizar o utf8_unicode_ci nas nossas tabelas do MySQL. Consulte a documentação do seu banco de dados para verificar a codificação equivalente.

Codificação da conexão

Você deve indicar no momento da conexão a sua codificação. No MySQL isto é feito pela seguinte função no arquivo PHP da conexão:

Estas são algumas possibilidades. Fico por aqui. Até a próxima!